24/04/2016

Putz, boy magia a gente não escolhe mesmo


(Isso aconteceu em uma terça-feira, quando descobri tarde de mais que não teria aula e fui passar o tempo no laboratório de informática. Uma lembrança de alguém que não está nem aí para mim (literalmente)). Antes de começar, que fique claro que boy magia para mim significa alguém que admiro muito, não somente por beleza.

Como eu sou idiota... 
E péssima em narrar minhas histórias também... mas...

Aqui eu estou agora, em um dos laboratórios de informática da faculdade, e de repente quem entra? Um antigo boy magia... Aff, parece que esse tipo de coisa só acontece comigo, confesso que quando o vi entrar eu logo me exaltei, eu fiquei nervosa! Não porque gosto dele, acho que nunca gostei, mas cara, ele é lindo (kk'). Antes eu até tentava falar "oi" com ele,  porque fizemos umas duas disciplinas na mesma sala e um trabalho em grupo juntos, mas eu nunca ouvi ele responder, então eu desisti de cumprimentá-lo. Isso era  para ser um segredo, eu nunca direi quem ele é para ninguém, ninguém mesmo, eu morreria de vergonha... O problema agora é que estou meio nervosa escrevendo sobre ele que está aqui, bem próximo!... Ele é frio e estranho, só que bonito, muito inteligente também, quieto, um mistério, seu sorriso? de criança inocente...
Lembro claramente a primeira vez que o vi e nos falamos, ah eu me lembro... foi no meu segundo dia de aula na faculdade,  numa sexta-feira... Eu temia a aula, tinha muito medo, subi as escadas muito nervosa até a sala de aula no 4°andar bem no final do corredor, eu fui a primeira a chegar, com um coque horroroso por sinal... ele surgiu do nada na porta e me perguntou alguma coisa que agora não consigo lembrar, só sei que quando ele se virou para se sentar eu ri em silêncio, achei graça de um garoto tão belo vir falar comigo, claro, fiquei boba, mas já passou não é mesmo? Fica na memória.
Eu sei que ele jamais olharia para alguém como eu, nem minha "colegajem" ele aceitou... Lembro-me também de ter torcido para as aulas voltarem logo só para eu poder vê-lo, quando eu descobri que faríamos mais uma disciplina na mesma turma e me decepcionei por ele passar direto por mim e não me cumprimentar... Mas além disso, eu tenho outra boa lembrança desse boy magia. No dia da apresentação do trabalho que estávamos fazendo no mesmo grupo, eu estava desesperada, nem conseguia respirar direto com medo de falar na frente da turma toda, ele me apoiou e disse para eu ficar calma... Acho que eu fiquei mais nervosa ainda por ele ter falado comigo (kk). Nossa quanta bobagem minha, isso não é minha cara, como eu fui capaz disso? Me arrependo muito de não ter controlado minha emoções se é que isso é possível. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário