29/08/2016

Obrigada Meu Universo, obrigada...

Eu pensei que isso nunca mais aconteceria, essa dor que me consome agora eu não consigo explicar... Mas eu juro, eu juro... 

Após um golpe mortal dessa Terra suja, meu universo, num ato desesperado me puxa para ele afim de me salvar. Me trouxe então para um dos meus planetas de paz e me pôs na mesa branca de cirurgia... e lá, o meu lindo e adorável universo tenta lavar a minha alma. As forças do meu universo tiveram que chamar reforço pois, fora visto que a situação era mais que delicada, tratava-se do sentimento de uma jovem que sentiu a pior dor... a que estranhara pois nunca havia sentido uma dessas, a dor chamada "amor de verdade". O reforço não demora, nunca demorou, o reforço, é sim, aquele que não me abraçou, mas somente disse: Eu estou aqui agora. O meu universo se encontrava mais vazio do que o normal, quando voltei a mim notei isso, há quanto tempo eu não venho aqui? Perguntei bem baixinho... Sequei minhas lágrimas, respirei fundo e mesmo dolorida e machucada me ergui da mesa de cirurgia com as minhas vestes alvas toda manchada de azul e perguntei ao meu reforço o que devia fazer... ele me fitou mas nada disse. Tornei a falar: Me perdoe meu universo, eu sou dona e responsável por toda essa tragédia, mas você e a força maior me salvaram agora... obrigada...  Meu peito agora dói e por esta causa declaro o meu Universo trancado de vez! 
Por ser a garota mais tola, deixei que alguém entrasse e esqueci de cuidar do meu, somente meu universo, minha palavra aqui tem força e todo o meu universo conspira ao meu favor... Um vento forte passa, então, como confirmação do meu decreto e me faz cair novamente... sinto a dor triplicar... o vento me leva flutuando depressa até a mais alta estrela: Seja forte! meu reforço branda, e eu respondo sem exitar: Eu serei, eu juro, eu prometo. O meu reforço junto a todo o meu universo me envolvem com toda a sua luz e eu torno a chorar de onde eu nunca deveria ter saído... do meu pedestal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário