05/01/2016

Uma bela inspiração


Nem eu entendo o porque de tanta dificuldade em escrever das coisas lindas, e de sentimentos maravilhosos. Me parece, e começo a desconfiar que minha fonte inspiração vem da dor. 
Os problemas do dia a dia nunca são fáceis de administrar, e por mais que isso soe estranho, minha maior inspiração vem deles... Eu acho tão lindo quando alguém fala de dentro do coração alguma experiência que lhe causou sofrimento. Não quero dizer que gosto ou que fico contente de saber dos momentos de dor e decepção dos outros, mas me refiro a beleza que esse sentimento, apesar de triste, pode causar. De tal sentimento nasceram as melhores canções, as melhores histórias, as melhores poesias e até as melhores fotos. Desse sentimento tudo se torna lindo, pelo menos no mundo da arte.
Quando assistimos um filme no qual há uma história triste, que meche com os nossos sentimentos e nos faz chorar, (Como o filme da imagem "sempre ao seu lado", onde conta a história de um cachorro que foi fiel ao seu dono mesmo depois que este faleceu) será que eu choro somente pelo fato de ser uma história triste? Refletindo um pouco cheguei a conclusão que não. Eu choro porque achei a história triste e além disso, achei a história bonita, linda.
Acho que muitas pessoas veem beleza nas coisas tristes, sejam nas pessoas tristes, nos filmes, nas canções, não importa, as pessoas veem beleza no triste, mesmo que o foco principal não seja o belo e sim a tristeza e o sofrimento, caso contrário, como seria possível o tamanho sucesso de coisas geradas em meio ao sentimento dor?
Foi como alguém disse por ai: "Um dia essa dor será útil". Uma pena que a minha vida não seja como nos filmes de cinema em que as pessoas passam por coisas terríveis e no final das contas tudo acaba como se nada tivesse acontecido, de uma maneira tão linda. Na vida real, nossas dores podem até serem úteis um dia, estou esperando "o para que esse sentimento inevitável me servirá".